Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade Psicologia – Fórum Sobre Medicalização da Educação e da Sociedade

En la infancia los diagnósticos se escriben con lápiz La patologización de las diferencias en la clínica y la educación por Gisela Untoiglich

Esta obra explora en las promesas y los mitos de la ciencia moderna y deconstruye supuestas evidencias científicas de pretendidos diagnósticos, como el TDAH, la dislexia, el TGD. Analiza la época y sus malestares, los diagnósticos, como coartada de una clínica que cada vez se vuelve más burocrática y menos humanizada. Profundiza en el paradigma de la inclusión educativa, sin dejar de cuestionarse aquello que excluye. Realiza propuestas de abordaje clínico y educacional que posibiliten otros modos de pensar las intervenciones con niños que manifiestan…


Gênero: Coletânea, Livro
Assuntos: Educação, Medicalização, Patologização, Psicologia

Leia mais >>

A dislexia em questão por Giselle Massi

Pondo em xeque a utilização corrente do diagnóstico de dislexia para distinguir crianças cujo aprendizado da escrita difere do padrão, Giselle Massi apresenta neste livro um ponto de vista inovador. Ao analisar casos de alunos considerados disléxicos, a autora demonstra como é frágil e arbitrária a definição dessa suposta patologia, a qual – pautada em explicações genéticas, neurológicas, metabólicas, entre outras – permite que análises do processo de apropriação da escrita permaneçam restritas à esfera individual. Para embasar seu estudo, dialoga com um sólido corpo…


Gênero: Livro
Assuntos: Dislexia, Medicalização, Pedagogia, Psicologia

Leia mais >>

O livro negro da psicopatologia contemporânea por ALFREDO JERUSALINSKY, SILVIA FENDRIK

Nove autores brasileiros, nove autores argentinos, um mexicano e um francês expressam suas experiências em relação às categorias relacionadas à psiquiatria no diagnóstico. Entre as especialidades dos autores, medicina, psicologia, psiquiatria, psicanálise, e neurobiologia, através das quais buscam avaliar e analisar consequências individuais e coletivas, subjetivas e sociais, cientificas e ideológicas da captura de grandes contingents humanos em quadros descritivos de comportamento que, degundo eles, tendem a padronizar condutas. A obra discute, através da padronização das condutas, a fabricação em massa de psicofármacos, consumidos pela…


Gênero: Coletânea, Livro
Assuntos: DSM, História da Psiquiatria, Medicalização, Psicologia, Psicopatologização

Leia mais >>

Medicalização de crianças e adolescentes: conflitos silenciados pela redução de questões sociais a doença de indivíduos por CRP-SP, GRUPO INTERINSTITUCIONAL QUEIXA ESCOLAR

Este livro apresenta um debate aprofundado sobre os processos de medicalização da sociedade. A partir da contribuição de várias áreas de conhecimento, como a Psicologia, a Medicina, a Fonoaudiologia e a Educação, os autores evidenciam o corrente reducionismo dos processos sociais relacionados à precarização das condições de vida e à uniformização de comportamentos, sentimentos, percepções e pensamentos, bem como discutem as implicações psicossociais da atribuição de patologias individuais a todos aqueles que fogem à norma abstrata e ideológica vigente. Assim, a profusão de diagnósticos de…


Gênero: Coletânea, Livro
Assuntos: Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade, Medica, Pedagogia, Psicologia

Leia mais >>

A pulsão e o seu objeto-droga: estudo psicanalítico sobre a toxicomania

A toxicomania e o uso de drogas, problemas tão importantes nos dias de hoje, são geralmente sujeitos a muitos preconceitos e mal-entendidos. Utilizando-se principalmente do conceito freudiano de pulsão, o autor comenta as dificuldades de tratamento dos toxicômanos e procura incluir as problemáticas das drogas em uma reflexão mais ampla sobre o mal-estar cultural em que vivemos. Gênero: LivroAssuntos: Psicologia


Gênero: Livro
Assuntos: Psicologia

Leia mais >>

A Tragicomédia da Medicalização: a Psiquiatria e a Morte do Sujeito por José Ramos Coelho

Após analisar a forma como os psiquiatras atuam em nossos dias, o filósofo e terapeuta holístico José Ramos Coelho empreende neste livro uma cruzada quixotesca contra a medicalização da existência, enfatizando os malefícios e riscos do uso de psicofármacos para aqueles que buscam o autoconhecimento e a autotransformação. O autor retoma a crítica de Ivan Illich à medicina e, deslocando-a para a psiquiatria, procura – à semelhança de Nietzsche -, contextualizar as práticas médico-psiquiátricas contemporâneas numa perspectiva filosófica mais ampla, tomando os gregos clássicos como…


Gênero: Livro
Assuntos: Medicalização, Psicologia

Leia mais >>

Cruel Compaixão por THOMAS SZASZ

Neste livro, o autor faz uma revisão crítica das intervenções psiquiátricas de nosso tempo e defende a necessidade de que a distinção entre terapia e coerção seja clara e definida, para que se possa obter o controle sobre os problemas psiquiátricos e sociais aparentemente intratáveis Gênero: LivroAssuntos: Psicologia, Psiquiatria


Gênero: Livro
Assuntos: Psicologia, Psiquiatria

Leia mais >>

CRIMINOLOGIA E SUBJETIVIDADE NO BRASIL por Cristina Rauter

Criminologia e subjetividade no Brasil’, traz três trabalhos da Professora Cristina Rauter. O conjunto de texto propõe discutir a criminologia brasileira enfocando-a sob dois aspectos – o primeiro texto ‘O nascimento da criminologia no Brasil’ analisa esse tema, bem como a história das transformações dos dispositivos de poder a ele relacionado. Já o segundo trabalho ‘Diagnóstico psicológico do criminoso – tecnologia do preconceito’ tem como objetivo a reflexão sobre os pressupostos em que se baseiam as avaliações, exames e procedimentos diagnósticos de indivíduos encarcerados, considerados…


Gênero: Livro
Assuntos: História da Criminologia, Instituições Totais, Psicologia

Leia mais >>

Estigma: notas sobre a Manipulação da identidade deteriorada. por ERVING GOFFMAN

Este livro reexamina os conceitos de estigma e identidade social, o alinhamento grupal e a identidade pessoal, o eu e o outro, o controle da informação, os desvios e o comportamento desviante, detendo-se em todos os aspectos da situação da pessoa estigmatizada – dos boêmios aos delinqüentes, das prostitutas aos músicos de jazz, dos ciganos aos malandros de praia, do mendigo a quantos são considerados ‘engajados numa espécie de negação coletiva da ordem social’, os que integram a ‘comunidade dos estigmatizados’, todos têm, neste livro,…


Gênero: Livro
Assuntos: Instituições Totais, Psicologia, Sociologia

Leia mais >>