Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade Dia de Luta Contra Medicalização é marcado por eventos na Câmara Municipal e no Parque do Ibirapuera – Fórum Sobre Medicalização da Educação e da Sociedade

Dia de Luta Contra Medicalização é marcado por eventos na Câmara Municipal e no Parque do Ibirapuera

Entende-se por medicalização o processo que transforma questões de diferentes ordens – política, social, cultural, afetiva – em ‘‘doenças’’, ‘‘transtornos’’, ‘‘distúrbios’’, como se fossem problemas médicos

 

O Dia Municipal de Luta Contra a Medicalização da Educação, lei 15.554/2012 de autoria do vereador Eliseu Gabriel, foi marcado com a realização de um evento que incluiu palestras, oficinas e debates sobre o tema.

Durante o fim de semana, o Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade, organizador do encontro, realizou uma série de atividades na Câmara Municipal de São Paulo e no Parque do Ibirapuera.

No sábado (10), foi feito o lançamento ‘‘Das Recomendações de Práticas não Medicalizantes para Profissionais e Serviços de Educação e Saúde’’, formulados pelo GT de Educação e Saúde, seguido de palestras e debates sobre o tema.

Clique aqui para conferir as ‘‘Recomendações de Práticas não Medicalizantes para Profissionais e Serviços de Educação e Saúde’’.

“Vamos Brincar e Desmedicalizar a Vida” foi o tema das atividades do domingo (11), no Parque do Ibirapuera, de manhã e de tarde.  O Grupo Barbatuques abriu as atividades com a platéia cantando junto diversas canções da cultura popular brasileira. O Grupo Brigadeiro de Colher deu sequência as apresentações musicais. Também houve oficinas educativas, recreativas e culturais . Uma roda de capoeira finalizou as apresentações em grupo.

Assista o vídeo do evento: Fórum Contra Medicalização da Educação: “Jornada de Recomendações dos Grupos de Trabalho de Educação e Saúde”
Evento realizado em 10/11/2012

Fonte: http://www.eliseugabriel.com.br/novo/news.php?id=1518