Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade Fórum | Fórum Sobre Medicalização da Educação e da Sociedade | Página: 2

Category Archives: Fórum

2

I Seminário sobre Medicalização da Educação e da Sociedade do Leste de Minas Gerais

DATA: 22/05/2013 – 8h às 18h LOCAL: Auditório do Colégio Estadual – Rua Sete de Setembro, No. 2.479 – Centro – Governador Valadares / MG   PROGRAMAÇÃO PERÍODO DA MANHA: 8hs 20min – Abertura 8hs 40min – Palestra: Trajetória de constituição do Núcleo Leste de Minas -Marcus Macedo da Silva – Psicólogo; Especialização em Saúde Mental pela ENSP/FIOCRUZ-RJ; Mestre em Educação e Inclusão Social pela FaE/UFMG; Conselheiro do Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais (CRP/MG); Psicólogo da Rede de Saúde Mental de Governador Valadares…

Leia mais >>

Instituída a mesa executiva do Núcleo de Curitiba e região metropolitana

Foi instituída no  dia 6 de abril, sábado, na sede da APP – Sindicato em Curitiba-PR, a mesa executiva do Núcleo de Curitiba e Região Metropolitana do Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade. A mesa, inicialmente, está composta pela “APP – Sindicato” (Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Paraná), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São José dos Pinhais e o “Sindypsi” (Sindicato dos Psicólogos do Paraná), representadas na ocasião por Walkiria Olegario Mazeto, Andreia Moessa de Souza Coelho e Rhayane Lourenço, respectivamente. No…

Leia mais >>

Debate sobre a Medicalização da Educação e da Sociedade no Vale do Aço aconteceu em Valadares

O evento faz parte das ações do Núcleo Mineiro de Medicalização   agenciainline.com Realizado pelo Núcleo Mineiro de Medicalização e pelo Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais, tendo apoio dos cursos de Pedagogia e Psicologia da UNILESTE o Debate sobre a Medicalização da Educação e da Sociedade foi realizado no último dia 18 de outubro no Auditório João Paulo II da UNILESTE. O debate contou com a participação dos psicólogos Marcus Macedo, Nina Magnani e Patrícia Guedes, assim como da psiquiatra Maria Angélica Vaccarini…

Leia mais >>

evento-baixada

II SEMINÁRIO DA BAIXADA SANTISTA SOBRE MEDICALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO E DA SOCIEDADE: FABRICANDO DOENÇAS E APRISIONANDO VIDAS

Data: 23/10/12 Hora: 18h30 LOCAL: SESC SANTOS R. Conselheiro Ribas, 126 O aumento significativo do uso de medicamentos em crianças e jovens com dificuldades de aprendizagem e/ou com “problemas de comportamento”, especialmente o Metilfenidato, tem preocupado vários segmentos da sociedade que lutam por uma educação de qualidade e pela garantia dos seus direitos. O Brasil é o primeiro maior consumidor de antidepressivos e o segundo maior consumidor do medicamento metilfenidato, conhecido como Ritalina. Em Santos por exemplo, de 2008 para 2010 ocorreu um aumento de…

Leia mais >>

cineboca

Cine Boca

Confira a programação e participe! 04/10/2012 – Marketing da Loucura 11/10/2012 – Como uma estrela na terra 18/10/2012 – A voz do coração 25/10/2012 – Entre os muros da escola Horário: 19h30 Local: Mercado Municipal de Governador Valadares Rua Israel Pinheiro, 3.350 – Centro de Governador Valadares – MG Realização: Coletivo Território do Avesso Núcleo Mineiro de Medicalização da Educação e da Sociedade Fórum Nacional de Medicalização da Educação e da Sociedade Apoio: Conselho Regional de Psicologia Minas Gerais

Leia mais >>

baixada

O que estamos fazendo com nossas crianças?

Prof. Dr. Marcelo Domingues Roman Professor de Psicologia da UNIFESP Campus Baixada Santista Colaborador do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo Torna-se cada vez mais comum crianças e adolescentes serem encaminhados a serviços de saúde porque apresentam problemas na escola. Esse fenômeno não é novo e tem sido chamado de medicalização da educação: trata-se de reduzir questões escolares, e consequentemente sociais, a proble-mas médicos. Isso vem se intensificando a partir do uso de psicoestimulantes para controle de hiperatividade e incremento da capacidade de atenção.…

Leia mais >>

fabiola

A vigilância punitiva: a postura dos educadores no processo de patologização e medicalização da infância Fabiola Colombani Luengo

Fabiola Colombani Luengo, Elizabeth Piemonte Constantino Revista de Psicologia da Unesp, 8(2), 2009. 122 A vigilância punitiva: a postura dos educadores no processo de patologização e medicalização da infância Fabiola Colombani Luengo1 Elizabeth Piemonte Constantino2 Faculdade de Ciências e Letras da UNESP-Assis A relação entre indisciplina e o TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade) tem sido muito discutida, atualmente, e se apresenta, corriqueiramente, no âmbito escolar. Porém, ainda gera muitas controvérsias, pois há os profissionais que concordam com sua existência e os que discordam, alegando insuficiência de comprovações…

Leia mais >>

especial-para-a-metropole

Não às drogas da obediência

Não às drogas da obediência Maria Ap. Affonso Moysés Campanha: ação chama atenção para o excesso de diagnósticos de hiperatividade e busca combater o uso indiscriminado de medicamentos em crianças com dificuldades de aprendizagem Karina Fusco – Especial para a Metrópole especial.metropole@rac.com.br O Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade e o Conselho Federal de Psicologia lançaram, em meados de julho, a campanha Não à Medicalização da Vida, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Os objetivos são reacender a discussão sobre o excesso de diagnósticos de hiperatividade em crianças…

Leia mais >>

pl

Projeto de Lei que coibe o uso indevido e excessivo de psicofármacos em crianças e adolescentes.

Em Brasília com a Senadora Angela Portela PT/RR que acaba de protocolar projeto de lei que coíbe o uso abusivo de psicofármacos em crianças e adolescentes! Partciparam desse momento Roseli Caldas – ABRAPEE. Floreal Botias Jr- Simpeem. Marilene Proença – CFP e André pela Cotec/CFP Senadora Angela Portela – PT/RR, por meio da Beatriz de Paula Souza, membro do Fórum e do Grupo Interinstitucional Queixa Escolar, entrou em contato com a ABRAPEE para pedir sugestões a um projeto de Lei que coibe o uso indevido…

Leia mais >>

cartaz-seminario

Foi lançada a campanha Não à Medicalização da Vida durante audiência pública na Câmara

No dia 11 de julho de 2012, às 14 horas, durante audiência pública na Câmara dos Deputados, a campanha “Não à Medicalização da Vida”. A campanha foi iniciada com o debate sobre o tema da medicalização da educação nas escolas, que se tornou um problema de saúde pública e coletiva, no Brasil e no mundo, dada a incidência de crianças, adolescentes e jovens sendo excessivamente medicalizadas para aumentar o rendimento escolar e para se adequar aos padrões de adaptação produtiva e de docilidade exigidos pela…

Leia mais >>

Direto de Salvador – Bahia

O Núcleo Bahia marcou presença no Desfile do Dia 2 de Julho. A comemoração do dia 2 de Julho é uma celebração da separação definitiva do Brasil do domínio de Portugal, em 1823. Independência conquistada através de muitas lutas.. Data significativa para a Bahia e para o Brasil… Diversos movimentos sociais, instituições, associações, sindicatos de diferentes áreas e setores marcam presença no desfile mobilizando toda a sociedade em relação a suas pautas de luta. O Núcleo Bahia do Fórum sobre medicalização da educação e da…

Leia mais >>

grafico-2

Mapeamento sobre compra e dispensação do medicamento cloridrato de metilfenidato nos municípios do Estado de São Paulo, 2012.

Luiz Tadeu Pessutto Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade O Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade, composto por mais de 40 entidades e profissionais das áreas de Educação, Saúde, Assistência Social dentre outras, realizou no ano de 2011 uma pesquisa a respeito da compra e dispensação do medicamento Cloridrato de Metilfenidato. Para tanto, os Conselhos Municipais de Saúde dos 645 municípios do Estado de São Paulo foram consultados, por meio de um questionário enviado por correio. O levantamento, de natureza quantitativa,…

Leia mais >>

VEJA COMO FOI II ENCONTRO “A QUEIXA ESCOLAR: MEDICALIZAÇÃO NA EDUCAÇÃO E NA SAÚDE”

II ENCONTRO “A QUEIXA ESCOLAR: MEDICALIZAÇÃO NA EDUCAÇÃO E NA SAÚDE” NA DEFESA INTRANSIGENTE E RADICAL DA VIDA! Aconteceu hoje, 20/06/12, no Auditório da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP, com a presença de mais de 500 pessoas e transmissão online, o II Encontro sobre Queixa Escolar. O evento foi organizado pelo Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade/ Núcleo Campinas e Região, pelo CRPSP/subsede Campinas, pelo Departamento de Pediatria da FCM/Unicamp, CIPED/Unicamp e SADA/ Secretaria Municipal de Saúde de Campinas. Abriram o encontro…

Leia mais >>

Simpósio internacional, realizado em Salvador, debateu a medicalização da educação

Evento, considerado um sucesso, contou com público médio de 500 pessoas por palestra. Debates repercutiram na sociedade   Palestras internacionais, pesquisadores conceituados, debates em busca de alternativas a políticas públicas voltadas à educação e saúde e, de quebra, muita poesia, dança e a alegria contagiante do povo baiano. Este é apenas um pequeno recorte do que foi o “I Simpósio Internacional e I Simpósio Baiano Medicalização da Educação e da Sociedade: Ciência ou Mito?”, realizado no final de maio, no Centro de Convenções, em Salvador.…

Leia mais >>

Núcleo da Baixada Santista realiza Audiência Pública

No dia 30/05/2012 foi realizada na Câmara Municipal de Santos a Audiência Pública “Judicialização e Patologização da Infância e Adolescência na Baixada Santista”. Os debatedores Dr. Stefanis Caiaffo, psicólogo e professor da UNIFESP e a Dra. Maria Izabel Calil Stamato, psicóloga, professora e coordenadora do curso de psicologia da UNISANTOS, abordaram com brilhantismo aspectos relevantes sobre o tema. A contenção social a que estão expostas as crianças e jovens, a deterioração das relações em todas as esferas da vida, onde não há mais lugar para…

Leia mais >>