Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade Medicalização do corpo na infância – Considerações acerca do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade | Fórum Sobre Medicalização da Educação e da Sociedade

Medicalização do corpo na infância – Considerações acerca do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade by Mariana de Araujo Fiore

Resumo

 

É inquietante o número crescente de diagnósticos infantis, principalmente o que chamamos de Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade. Podemos dizer que este diagnóstico tem se alastrado de forma generalizada e implica, entre outras coisas, a medicalização das crianças que são nomeadas por ele. Este artigo traz alguns aspectos para a reflexão em torno do fenômeno contemporâneo da medicalização e seus desdobramentos na infância. Procura ressaltar como a produção de diagnósticos está atrelada ao uso de novas tecnologias do corpo e tem atravessado o espaço escolar, sem que seus profissionais tenham tempo e ferramentas teóricas adequadas para a sua abordagem e compreensão. A prática da medicalização infantil faz parte de um discurso biológico presente nas ciências da saúde e consolidado pelo saber médico, discurso esse que tem atravessado a instituição escolar, o nosso dia-a-dia, a forma como nos relacionamos e aprendemos, ou seja, construindo novos paradigmas subjetivos. Deparamo-nos aqui com uma pergunta: por que medicalizar se tornou mais uma urgência contemporânea?
Artigo completo nesse link.

Genre: Artigo
Subjects: infância, Medicalização