Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade A ordem psiquiátrica: a idade de ouro do alienismo | Fórum Sobre Medicalização da Educação e da Sociedade
castell

A ordem psiquiátrica: a idade de ouro do alienismo by Robert Castel

A ordem psiquiátrica,  de Robert Castel, é um passo a mais, e decisivo, na análise das condições concretas em que o fenômeno da loucura é apropriado como objeto de real  saber  e  poder  legítimo  por  instituições  socialmente  reconhecidas.  Reconhecidas precisamente  pelo  domínio  que  exercem  sobre  a  insanidade  e  seus  efeitos  nos indivíduos e coletividades.

Em  seu  livro  anterior,  O  psicanalismo  (Graal,  1978),  Castel  traça  a  evolução  dos sistemas  psiquiátricos,  nas  suas  relações  com  o  saber  médico  e  com  os  aparelhos repressivos, que resulta num processo de “psicologização” da sociedade. Mostra que o dispositivo institucional da psicanálise ― na relação entre o analista e o paciente, fonte de seu saber e de seu poder de “cura” ― é cúmplice desse processo.

Enfoque  inovador,  pois  críticos  e  defensores  da  psicanálise  contentavam-se  em focalizar  conceitos  isolados.  A  questão  é,  assim,  deslocada  de  uma  sociologia  das instituições  e do dispositivo teórico-prático que reproduz um modo de conhecimento e de poder.

O que Castel agora retrata é a institucionalização de uma estratégia que toma por objeto  as  classes  subordinadas.  A  tarefa  da  burguesia  em  ascensão  incluía  limpar  o terreno dos imprestáveis e disciplinar os demais para o trabalho.

Desenvolve magistralmente o projeto iniciado em  Eu, Pierre Rivière…  (publicado nesta biblioteca), de desvendar de que maneira um domínio das condutas sociais torna se patológico e subordinado à medicina, não por obra e graça de um progresso do saber, mas pela inserção dos psiquiatras nas engrenagens do poder.

Não é de se estranhar que a medicalização da desordem  mental, dentro de um paradigma científico  e  legislativo, viesse a confundir, numa grande mixórdia, metáforas, conceitos e coisas, lutando em todas as frentes da noção de lei e de ordem. A psiquiatria nascente  acaba  não  sabendo  se  deriva  sua  ação  sobre a  doença  mental  das  normas científicas em que pretensa-mente se baseia, do contraste entre essa ação disciplinar e o disparate  da  loucura,  ou  da  legislação,  que  legitima  sua  autoridade  sobre  a  doença mental e, particularmente, sobre os doentes mentais.

História do saber psiquiátrico, a obra de Robert Castel é também uma micro-física da ordem social e das estratégias que mantêm a desordem sob controle, oferecendo um notável  contraponto  para  a  extraordinária  reconstituição  da  história  da  psiquiatria  no Brasil,  publicada  em  Danação  da  Norma,  por  Roberto  Machado  e  seus  colaboradores, nesta mesma biblioteca.

J. A. Guilhon Albuquerque


Genre: Livro
Subjects: História da Ciência, História da Psiquiatria, Medicalização, Psiquiatria